quarta-feira, 11 de abril de 2012

a entrega

seu dedo toca meu ombro. viro pra trás. desfaço de todas as minhas crenças. sorrio. sou compensada. ele movimenta seus lábios lentamente. escuto sua voz. a quero pra mim. nos meus ouvidos. contando segredos, revelando medos, se declarando. tudo tão distante. e tão claro. proseamos. o tempo passa. o tempo voa. quero seu dedo no meu ombro de novo. quero suas mãos no meu ombro. quero o mundo mais lindo todo encima dos meus ombros. sem que pese. perfume atras da orelha, um vestido bem vestido, um sorriso no rosto. fui ao seu encontro. sem mais. acontece a entrega.

6 comentários:

  1. eeebaaaaaaaaaa...voltastes... e voltando,voltas toda sensual...rsrsrsrs...sugestão:
    Vai ao encontro dele sem roupa...ele jamais esquecerá a tua "surpresa"...rsrsrsrsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. crista, voce é louquinha,mas eu gosto de você!

      Excluir
  2. Vêêê do céu, porque você some desse jeito???

    Tá certo que quando você ressurge, vem com esses textos de arrasar quarteirão. Mas quero mais, quero duas vezes por semana. Uma pelo menos? rs


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sumo né? desculpe-me. prometo escrever mais. um miniconto por semana.

      Excluir
  3. Menina que some XD
    Muito bom o post, casal apaixonado sempre é lindo.

    ResponderExcluir